O que é Lead Time? Veja os tipos e como calcular corretamente!
Automação Industrial

O que é Lead Time? Veja os tipos e como calcular corretamente!

lead time

Quando compramos algo – um móvel, um eletrodoméstico, um brinquedo ou um carro, desejamos recebê-lo o mais rápido possível, muitas vezes sem nos preocupar com o seu lead time. Já ouviu falar dessa expressão?

Muito conhecido no meio empresarial, o lead time representa a quantidade de tempo gasto com a fabricação de um produto até a sua entrega ao consumidor.

O seu bom gerenciamento ajuda as indústrias a reduzir custos operacionais, elevar a qualidade de seus serviços e atender com sucesso as necessidades dos clientes.

Fique com a gente e conheça mais sobre esse indicador, descubra seus tipos, vantagens e aprenda a calculá-lo.

banner ebook

O que é lead time e como impacta a produção industrial?

Lead time é um termo que pode ser traduzido como “tempo de entrega”, pois se refere ao período que vai desde o pedido do produto até o momento em que ele chega ao consumidor final.

Este importante indicador ajuda a compreender melhor o negócio e a visualizar o que pode ser aperfeiçoado, sempre com o objetivo de reduzir esse prazo de execução e conclusão de cada encomenda.

Conceito pertencente à metodologia Lean Manufacturing, quanto menor for o lead time, melhor para as empresas – que aumentam a sua competitividade – e para os clientes, que ficam mais satisfeitos.

Conhecendo bem o tempo de entrega, evitam-se atrasos e obtém-se um conhecimento aprofundado sobre as fases de pré-processamento, processamento e pós-processamento de cada produto.

Alguns aspectos podem interferir no tempo de espera: irregularidades no transporte, falta de material, escassez de mão de obra, falhas humanas, desastres naturais, etc.

Quais são os tipos de lead time?

As diferentes etapas que envolvem a fabricação podem influenciar no seu tempo total de espera por mercadorias. Para facilitar a sua compreensão, o conceito é dividido assim:

Lead time de compra

Abrange o período em que foi solicitado um material ao fornecedor até a sua entrega à empresa. Esse tempo é muito relevante, pois irá impactar diretamente o prazo de entrega ao consumidor final.

Para ter o lead time de compra o mais curto possível, podem ser usadas estratégias como:

  • manter um estoque razoável de matéria-prima, principalmente de produtos com maior lead time (mais difíceis de obter), para não depender 100% dos fornecedores, e ter a segurança de que o material não irá faltar;
  • ter mais do que um fornecedor de confiança (localizados fisicamente o mais próximo possível da empresa), atuando como um “plano B” importante para quando houver escassez de matéria-prima.

Lead time de produção

Se refere ao tempo de produção em si, ou seja, o período usado para que a matéria-prima seja processada em diversas etapas até estar finalizada.

Agora, é importante que haja sintonia entre os processos, para que não ocorram atrasos.

Muitas empresas escolhem manter outro estoque com produtos prontos, para oferecer pronta entrega, baseando-se em sua média de vendas.

Um estoque também pode ser feito entre os processos, deixando peças semiacabadas já “engatilhadas” para a próxima etapa, dando mais agilidade às operações. Nada exagerado, para não ter altos custos com armazenagem.

Quando os sistemas de produção são automatizados, a capacidade produtiva aumenta consideravelmente, principalmente ao usar equipamentos modernos e recursos tecnológicos como softwares de gerenciamento.

A metodologia Just In Time também costuma ser adotada. Tudo isso ajuda a integrar os setores, flexibilizar a produção e a reduzir o lead time.

Lead time de entrega

O lead time de entrega compreende o período que o produto finalizado leva até estar nas mãos do cliente.

Contar com bons parceiros de logística é essencial para garantir entrega rápida e, consequentemente, a satisfação do cliente. Um serviço de qualidade, que garanta a integridade do produto e preços reduzidos de frete devem ser pré-requisitos.

Tudo isso será notado pelo cliente que, após passar por uma boa experiência, vai se sentir confiante para compras futuras e também para indicar a marca, fortalecendo a imagem da empresa.

Benefícios de otimizar o lead time

Com conhecimento e boa gestão dos seus indicadores, os empreendimentos colhem vantagens como a confiança do cliente e maior lucratividade. Outros pontos de destaque:

Melhoria nos processos

A observação do lead time permite que sejam encontrados os pontos críticos da produção, como falhas e gargalos.

Esses atrasos e problemas interferem diretamente no prazo de entrega de mercadorias aos clientes e podem ser relacionados a: falta de manutenção, equipe mal treinada, layout de maquinário mal planejado, etc.

Porém, com a atenção devidamente dada ao indicador, os gestores conseguem identificar e se organizar para solucionar cada irregularidade, resultando em processos mais rápidos.

Aumento da qualidade da produção

A otimização de processos inclui uma padronização para que funcionários e máquinas sigam sempre o melhor caminho para produzir mais e mais rápido, em busca do lead time ideal.

Com um fluxo bem definido e consistente, além da redução de perdas, não conformidades e retrabalhos, a qualidade dos produtos também tende a aumentar.

Para tanto, as indústrias podem contar com instrumentos tecnológicos e equipamentos industriais modernos que potencializam e simplificam as tarefas.

aumento da qualidade da produção

Maior produtividade e eficiência

Com seu tempo usado da melhor forma, uso de ferramentas de gestão e redução do lead time, a produtividade aumenta. E os processos, quando organizados e automatizados, garantem mais eficiência.

Toda e qualquer decisão estratégica é tomada com mais segurança, baseada no que já funciona bem na linha de produção.

Desta forma, os funcionários não perdem tempo com problemas evitáveis e podem se centrar na economia de recursos – outro fator que reflete em ganhos para o empreendimento.

Como calcular o lead time na produção?

como calcular lead time

Grande influenciador das decisões de compra, é essencial calcular corretamente o lead time. É recomendável somar o tempo de todas as etapas e acrescentar um tempo extra como margem de segurança para imprevistos.

Para calcular e encontrar, também temos que considerar o TAKT time (ritmo da produção) e o tempo de ciclo (referente ao período de execução de cada processo). Foque nesses cinco passos:

1. Liste os materiais

Anote todos os produtos que a sua empresa faz e relacione os materiais e insumos que você precisa para fabricar cada um deles.

2. Cheque o tempo de aquisição

Liste também os fornecedores de cada item e certifique-se de que ofereçam prazos curtos para abastecer a sua fábrica. Descubra quanto tempo eles levam para entregar cada item.

3. Analise se há itens dispendiosos

Alguns materiais demandam mais tempo e mais recursos para serem fornecidos às fábricas, devido à sua disponibilidade ou complexidade. Alguns são oriundos de outros estados ou países, por exemplo.

Portanto, dependendo do tipo de produto que você tenha na sua linha, ele pode demorar mais para ser fabricado, em relação a outros. Então, é importante focar em reduzir o lead time desse produto específico, para entregá-lo mais rapidamente.

4. Estabeleça o tempo de produção completo

Defina o número de horas, dias, semanas ou até meses necessários para a finalização do produto ou serviço. Para isso, colha dados e avalie o seu tempo necessário para processamento e o tempo disponível para produção.

5. Acrescente o tempo de espera para ter a matéria-prima em mãos

Faça uma soma do seu tempo de fabricação, o tempo usado pela logística para entrega ao cliente e não deixe de adicionar o tempo de espera pelos materiais fornecidos. Esse é o prazo total que deve ser repassado ao consumidor.

Conclusão

Concluímos que conhecer e calcular corretamente o lead time permite que os negócios identifiquem oportunidades de melhorias e consigam crescer cada vez mais.

No fim, todos saem ganhando: o fornecedor firma parcerias consolidadas, a empresa atua em alto nível, elevando a sua competitividade, e o cliente recebe o seu produto rapidamente.

Notamos que a automatização de processos industriais é um dos fatores que mais contribuem para chegar a esse patamar de sucesso.

Nesse contexto, a Kalatec se dispõe a te ajudar, oferecendo um portfólio repleto de soluções inteligentes para empresas de diversos setores. Visite o nosso site para saber mais!

banner linha de produção

Posts relacionados

Edilson Cravo

Edilson Cravo

Engenheiro de Aplicação. 22 anos de experiência com 5000 visitas únicas em Indústrias. CMO da Kalatec Automação. Especialista em Controle e Automação (USP). Engenharia de Processo (MAUA) - Gestão de Inovação (ESPM) - Gestão de PME (FGV) e MBA em Vendas (PUC). Foi consultor de projetos no Instituto Nuclear Brasileiro, Embraer, Rede Globo e USP (Projeto Inspire).

Veja também

Abrir WhatsApp