IoT na agricultura: tudo o que você precisa saber
Automação Industrial

IoT na agricultura: tudo o que você precisa saber

Nos últimos anos, podemos observar uma constante transformação no ambiente rural e crescente  evolução nas práticas agrícolas em termos de ganhos em eficiência e produtividade, e isso se dá por conta da integração de novas tecnologias.

A chamada Internet das Coisas ou apenas IoT (sigla em inglês do termo Internet of Things) vem ganhando cada vez mais espaço nesse setor e hoje em dia caracteriza uma verdadeira revolução digital no agronegócio. 

Nesse post, você vai saber mais sobre as aplicações práticas da IoT na agricultura e como ela vem transformando a realidade no campo.

O que é IoT na agricultura?

Em resumo, a IoT na agricultura é um sistema de dispositivos conectados à rede de internet e equipados com sensores, softwares e outras inovações, que recebem e transmitem dados em tempo real sobre a cultura.

Consiste no uso de tecnologia de ponta para gestão e aprimoramento dos processos agrícolas e o cultivo de forma mais sustentável.

O trabalho rural sistematizado por meio de tecnologias IoT, também chamado de agricultura inteligente, tem como base a interconexão de equipamentos que geram combinações e análises de informações distintas sobre a área cultivada para um melhor monitoramento e gerenciamento.

Já é evidente a tendência de crescimento do mercado global de IoT e os números comprovam.

Segundo um relatório da Grand View Research, em 2024 o tamanho do mercado global de agricultura de precisão, que engloba a IoT, foi avaliado em US$ 10,50 bilhões e a previsão é que atinja uma receita projetada de US$ 24,086 bilhões até 2030, o que representa uma taxa composta de 12,6 % de crescimento anual de 2024 a 2030. 

Para que serve a IoT na agricultura?

Pode-se dizer que o papel da IoT na agricultura é basicamente promover o aumento na eficiência e economia de tempo dos processos, pois torna possível acompanhar as condições da lavoura remotamente (via internet) e ter melhor controle dos recursos. 

Alguns fatores ambientais como mudanças climáticas, instabilidade nas condições do solo e infestação por pragas afetam diretamente a produção no campo e para isso podemos lançar mão das tecnologias IoT, para identificar e sanar problemas de forma mais rápida e eficaz.

imagem ilustrativa de plantação, representando a iot na agricultura

Importância da IoT na agricultura

Em razão do crescente aumento da demanda da população mundial por alimentos e produtos do campo, elevar a produtividade e a eficiência nas operações agrícolas são questões cruciais para o agronegócio nos dias atuais.

Veja a seguir quais são as principais vantagens da IoT na agricultura:

Gestão de recursos

A IoT na agricultura desempenha melhorias na administração dos recursos, como água, fertilizantes e defensivos, uma vez que faz a conexão de dados para cumprimento das eficiente das tarefas, funcionamento correto dos equipamentos e utilização de quantidade exatas de insumos. 

Coleta e análise de dados

A partir do uso de sensores são coletados diversos dados relevantes sobre as condições da cultura, como exemplos a qualidade do solo, umidade e temperatura.

A interconexão desses dispositivos IoT estabelece uma troca veloz de informações que permite uma análise precisa sobre o progresso da plantação, bem como a eficiência dos maquinários e desempenho das equipes.

Otimização das operações

A agricultura inteligente promove o aumento da previsibilidade em relação ao desenvolvimento da safra e melhor controle dos processos internos de ponta a ponta, sendo assim a operação no campo pode ser melhor planejada e fica menos suscetível a erros e riscos de perda.

Com a IoT, as operações da fazenda podem ser monitoradas em tempo real, o que possibilita a tomar providências mais assertivas e corretivas no tempo ideal de ação. 

Automação eficiente de processos

Os recursos da IoT permitem a automação do processo produtivo em suas diferentes fases, como fertilização, irrigação e controle de pragas.

Máquinas agrícolas integradas ao sistema inteligente podem fazer o trabalho na lavoura de forma autônoma e remota, o que imprime mais precisão e menos erros aos processos antes feitos manualmente.

Redução de desperdícios

Os dispositivos IoT rurais reportam quaisquer anomalias ou condições adversas que podem prejudicar o rendimento da lavoura. Sendo assim torna-se mais evidente quais ações preventivas e corretivas podem ser tomadas para que não haja perdas.

Além disso, também há economia de recursos hídricos e de insumos, já que os sensores trazem informações sobre a área cultivada e asseguram o uso somente da quantidade necessária.

Principais aplicações da IoT na agricultura

A Internet das Coisas na agricultura pode ser aplicada em várias etapas e nas diferentes localidades do plantio, tanto em maquinários pesados como em micro sensores. 

De todo modo, a utilização dessas tecnologias ligadas à rede vai fornecer um levantamento de dados específicos, de forma detalhada e contínua, para o melhor planejamento e operação do trabalho no campo. 

Conheça alguns exemplos da agricultura inteligente:

Irrigação inteligente

Sensores IoT instalados no solo medem a umidade presente e fazem uma gestão mais eficiente e racional do uso da água, utilizando apenas a quantidade ideal de água para o tipo e fase da cultura.

A irrigação inteligente pode ser feita de forma segmentada, sendo que cada parte do terreno cultivado pode ser irrigado de acordo com um padrão específico, a depender da necessidade. 

Telemetria

A telemetria é um sistema que monitora o funcionamento de máquinas e veículos que operam na fazenda. Ela permite, por exemplo, o controle da quantidade de combustível e a análise do funcionamento dos motores, tornando mais fácil a manutenção.

Essa aplicação de IoT na agricultura é feita por meio de dispositivos de comunicação sem fio, como rádio ou satélite, e também permite comandar ou rastrear os equipamentos e máquinas de forma remota.

Robótica

Robôs agrícolas operam com conexão IoT em diversas funções como colheita, podas, remoção de plantas daninhas, controle de pragas  e inspeção da propriedade, aumentando a segurança e reduzindo os riscos para a saúde dos trabalhadores. 

robô conectado à iot na agricultura sendo usado para colheita

Controle de pragas

As ferramentas digitais que a IoT na agricultura emprega permitem o controle mais efetivo de pragas, pois fazem o monitoramento da área cultivada para identificação de possíveis focos de infestação.

Elas tornam possível reconhecer à distância as condições de saúde da plantação (incidência de pragas, doenças e plantas daninhas) e assim planejar atividades de tratamento e recuperação da lavoura.

Monitoramento da produção

O monitoramento inteligente das culturas por meio de tecnologia IoT utiliza sensores para captação de dados, sobre as condições climáticas ou do solo, por exemplo, e oferecem informações com máxima precisão em tempo real.

Ele torna mais fácil a detecção de problemas e tem impacto direto na qualidade da colheita. 

Estufas inteligentes

As estufas inteligentes têm papel fundamental na plantação pois são ambientes controlados para condições ideais de temperatura, umidade e iluminação.

Por meio da IoT na agricultura podem ser automatizadas e controladas remotamente, a partir de um sistema específico para maior precisão e qualidade.

Quais são as tecnologias usadas na agricultura na atualidade?

Dentre as tantas inovações tecnológicas presentes no ramo do agronegócio, podemos destacar: 

  • Drones agrícolas: Aparelhos equipados com câmeras e sensores infravermelhos com direcionamento remoto para mapeamento geográfico, que fornecem uma visão aérea ampla, detalhada e em tempo real da área de cultivo;
  • Sensores: São dispositivos eletrônicos que captam, medem e monitoram diversos parâmetros sobre a cultura e o meio ambiente, como condições climáticas, temperatura, umidade e compactação do solo, entre outros;
  • Automação agrícola: A aplicação da automação agrícola confere melhorias expressivas na eficiência operacional. Ela consiste no uso de maquinários, veículos e sistemas autônomos que podem executar ações de forma remota, independente e precisa, como arar, semear, irrigar, pulverizar e colher; 
  • Sistemas de Informação Geográfica (SIG): são ferramentas digitais de geoprocessamento que integram dados de localização com as informações descritivas da região e criam análises complexas a partir do uso de bancos de dados georreferenciados.

Quais são os impactos da IoT na agricultura moderna?

A rotina de trabalho no campo vem evoluindo cada vez mais ao longo das décadas e deixando para trás muitos dos afazeres que antes eram manuais.

A digitalização e a crescente aderência ao uso da Internet das Coisas na agricultura moderna têm impacto direto no aumento da quantidade e da qualidade na produção rural.

A IoT na agricultura ajuda produtores a reduzir o tempo de análise e resposta para sanar problemas, uma vez que dá acesso à informações mais precisas. Com o uso de dispositivos inteligentes, os agricultores têm melhor controle sobre os processos do cultivo.

Ao otimizar o uso de água, fertilizantes e pesticidas através de práticas agrícolas mais precisas, a IoT contribui para práticas agrícolas mais sustentáveis e preservação do meio ambiente.

Desafios da IoT na agricultura

A aplicação efetiva dos recursos da IoT na agricultura oferece um enorme potencial na produção agrícola, mas ainda encontra alguns desafios a serem considerados:

  • A localização das áreas rurais e a dificuldade de acesso à internet;
  • Ter uma boa infraestrutura para cobertura das conexões de rede;
  • A segurança da informação dos dispositivos IoT, que são suscetíveis a ataques cibernéticos;
  • Os dispositivos IoT são desenvolvidos por diferentes protocolos e tecnologias e isso pode dificultar a integração e comunicação entre eles;
  • A durabilidade da bateria dos dispositivos IoT, que em geral são pequenas e tem fonte de alimentação limitada;
  • Executar atualizações constantes nos dispositivos, que geralmente ficam distribuídos em áreas distantes.

Vale ressaltar a importância de contornar esses problemas e garantir o bom funcionamento dos equipamentos inteligentes, fazendo manutenções e aproveitando ao máximo sua capacidade

A Kalatec possui Motores e Atuadores presentes nos mais diversos equipamentos agrícolas do Brasil. Nossa empresa é especializada em automação e possui soluções que se adaptam ao seu negócio no campo. 

Entre em contato com nosso time de profissionais e saiba como podemos ajudar.

banner Kalatec para equipamentos de automação agrícola

Conclusão

Os avanços tecnológicos já são realidade nas indústrias e em vários âmbitos da vida cotidiana e não poderia ser diferente no setor do agronegócio, que vive hoje uma verdadeira revolução digital e a tendência é evoluir ainda mais.

Tendo em vista a crescente demanda por produtos agrícolas, podemos afirmar que o uso da IoT na agricultura é um fator indispensável para o melhor desempenho da lavoura e resultados em maior escala. 

Como visto neste post, as inúmeras vantagens e as diversas opções de recursos tecnológicos disponíveis no mercado da agricultura inteligente apontam para um futuro em que teremos sistemas de abastecimento alimentícios mais resilientes e sustentáveis.

Posts relacionados

Edilson Cravo

Edilson Cravo

Engenheiro de Aplicação da KALATEC, 23 anos de experiência com mais de 5000 visitas únicas em Indústrias. Especialista em Automação Industrial e apaixonado por Servos Motores, foi treinado nas fábricas EMERSON MOTION CONTROL, YASKAWA, WEG, DELTA, HNC, LEADSHINE e ESTUN. Foi consultor de projetos no Instituto Nuclear Brasileiro, Embraer, Rede Globo, USP (Projeto Inspire) entre outros.

Veja também