Motor de passo ou servo motor: saiba qual o melhor para você!

Conheça as vantagens e desvantagens de cada equipamento usado na automação industrial

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Se você trabalha com automação industrial com certeza já se perguntou qual tipo de motor é o ideal para o seu projeto: um motor de passo ou um servo motor?

Ambos são sistemas eletromecânicos, formados por uma placa de comando e um motor, cuja a função básica é a conversão de uma sequência de pulsos digitais em ângulos pré-definidos de rotação do eixo do motor. Ou seja, os dois possuem o objetivo de colocar a estrutura em movimento. Mas cada um tem suas peculiaridades, dimensões, custos e funcionalidades indicados para uma determinada situação.

Para entender se o seu projeto precisa de um motor de passo ou um servo motor, vamos apresentar abaixo as vantagens e desvantagens desses motores tão utilizados na automação industrial.

Motor de passo: pontos positivos e negativos

 Os-motores-de-passo-se-destacam-pela-simplicidade-e-baixo-custo

Os-motores-de-passo-se-destacam-pela-simplicidade-e-baixo-custo

Esse tipo de motor pode ser aplicado em máquinas de rotulagem, dosadoras, bombas peristálticas, equipamentos médicos, impressoras 3D, entre outras. Suas principais características são:

– Eficiência: oferece um grau de precisão muito parecido, ou dependendo do modelo, até maior que os servos. Ele possibilita posicionar o seu eixo de maneira muito precisa em qualquer posição, já que a sua rotação é dividida em vários passos, ou ângulos. Por isso, é indicado quando são necessários movimentos muito precisos.

– Facilidade no trabalho: permite trabalhar com sinais digitais o que ajuda no dia a dia do programador ou projetista.

– Fragilidade:  motores de passo são susceptíveis a contaminações comuns no chão de fábrica, causados por equipamentos periféricos, como inversores de frequência, por exemplo. Versões desses motores que contam com drives mais baratos, requerem cuidados redobrados pois podem conter ausência de filtros eletrônicos usados para atenuar esse tipo de problema e com isso acabam não operando corretamente.

– Velocidade limitada: comparado ao servo motor que chega a rodar até 5.000 rpm (rotações por minuto), sem perdas, nota-se uma velocidade menor do motor de passo – que alcança de 300 rpm a 500 rpm, podendo ocorrer perdas.

– Menor custo: comercialmente, os motores de passo são muito mais baratos que os servos, por terem menos componentes. Eles trabalham com malha aberta, isto é, não têm dispositivos paralelos destinados ao seu monitoramento instantâneo de posição e, consequentemente, a sua constante correção de posição. Vale lembrar que hoje em dia é possível incluir tais dispositivos em motores de passo.

Clique aqui para conhecer tipos de motores de passo e um guia de aplicação.

O servo motor é considerado avançado e recente pelo mercado
O servo motor é considerado avançado e recente pelo mercado

Esse tipo motor é amplamente usado na robótica, em computadores, nas máquinas CNC (Computer Numeric Control), em sistemas de radar, na fabricação de automatizados, de rastreamento, etc. Confira suas peculiaridades:

– Praticidade: assim como o motor de passo, o servo motor também trabalha com sinais digitais tornando o seu uso mais simples e eficiente. Entretanto, assim como os motores de passo, os servos estão também suscetíveis a contaminações fabris.

– Mais velocidade: como já mencionado, os servos comerciais chegam a rodar até 5000 rpm sem a perda de torque – ideais para a redução da inércia no trabalho. Eles são indicados para sistemas em que o carregamento de carga varia com o tempo. Como a entrega de velocidade e torque é mais elevada, conseguem se adaptar melhor a esse tipo de situação. Além disso, o resultado tem a ver com a sua excelente resposta dinâmica.

– Maior custo: o servo motor é considerado avançado e recente, como consequência possui um custo maior de uso, instalação e manutenção. 

– Inclui adicionais: alguns tipos servos possuem componentes adicionais que, apesar de encarecerem o produto, possibilitam o seu monitoramento instantâneo de posição e a sua constante correção. Além disso, esses componentes adicionais permitem aos servos trabalharem com rpm maiores.

– Tamanhos impróprios para certos projetos: os componentes adicionais dos servos trazem outro problema – os deixam dimensionalmente maiores. Com isso, não podem ser utilizados em projetos em que o tamanho e o peso são fatores importantes, como em câmeras, impressoras, sistema de injeção em veículos ou basculamento de faróis. Nesse quesito, o motor de passo leva vantagem. 

Outro fator negativo aos servos é a sua probabilidade de falha maior, por terem mais componentes e pela vulnerabilidade no chão de fábrica, por exemplo, com a batida de uma empilhadeira ou mesmo chances maiores de falha elétrica.

Para saber mais sobre o servo motor e ficar por dentro dos seus modelos, clique aqui.

kalatec motor de passo ou servo motor
kalatec motor de passo ou servo motor

Hora de escolher: motor de passo ou servo motor?

Necessariamente, um não é melhor que o outro. Como apresentamos, eles apenas possuem diferenças e características que os tornam próprios para determinado projeto. 

O importante é você escolher um bom fornecedor, para tirar todas as dúvidas e contar com todo o suporte necessário.

A Kalatec é Número 1 em vendas de motor de Passo no  Brasil e pode ajudar nesse quesito. Acesse o nosso site, confira as novidades do setor e entre em contato conosco.

Para continuar ligado no mundo da automação industrial, curta a nossa página no Facebook e continue acompanhando o blog!

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×