4 dicas para escolher um redutor de precisão sem folga

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Um redutor de precisão pode ser aplicado em diversos processos de automação industrial. Ele é recomendado para a extrusão de plástico, para a indústria alimentícia e várias outras situações. Com ele, o controle do motor é favorecido, bem como a compatibilidade de fatores, como o torque e a inércia de massa.

Entre as alternativas, vale considerar uma opção sem folga. Isso leva a uma perda menor de desempenho e garante resultados interessantes para a performance do seu sistema. Então, vale a pena saber como escolher.

Na sequência, confira 4 dicas para selecionar um redutor de precisão sem folga na automação industrial.

1. Dê preferência a um modelo flangeado

Para acertar na especificação para o sistema de automação industrial, vale a pena considerar o uso de um recurso flangeado. Ele também tem atuação como mesa indexadora, modelo WT ,  por isso, oferece mais eficiência, controle e bons resultados.

Na maioria dos casos, para os redutores planetários a folga é de 5 a 12 arc minutos, e os modelos WT são sem folga, o que atende bem a esse tipo de exigência. Além de tudo, é uma alternativa interessante por ter instalação fácil, ser leve e garantir características atraentes no funcionamento. Com essa especificação, é possível atingir os resultados desejados.

2. Confira quais são os níveis de atuação e folga

Às vezes, pode parecer que um redutor de precisão não serve para uma aplicação que exige que ele seja sem folga. No entanto, essa pode ser uma mera questão ligada ao nível de desempenho apresentado entre as opções do componente. Por isso, vale a pena fazer uma análise.

Veja se o produto oferece níveis de folga diversos para cada uso e se um deles atende ao nível mínimo ou nulo. Certamente um dos modelos WAB de dentes helicoidais ou WPF devem ser  alternativa capaz de atender ao que é exigido. Assim, há especial versatilidade.

3. Avalie qual é a capacidade de carga do produto

Não basta apenas encontrar um redutor de precisão que ofereça a folga nula. É essencial garantir que o componente entregue o que é exigido em outros pontos para o funcionamento do sistema de automação industrial. Pensando nisso, não deixe de conferir qual é a capacidade de carga.

Para utilizações intensas, o nível de carregamento permitido deve ser elevado. Ao mesmo tempo, uma construção compacta cumpre a necessidade reduzida de espaço. Por isso, é indispensável considerar nessas condições para tomar uma decisão que vai atender às expectativas.

4. Considere as condições ligadas à confiabilidade na automação industrial

Para os usos mais pesados, com alta entrega de resultados, o ideal é estudar a confiabilidade dos componentes. Vale pensar se o componente é capaz de entregar rigidez, estabilidade e confiabilidade no funcionamento. Dessa forma, é fácil selecionar o item adequado para cada demanda.

Além de tudo, é indispensável otimizar o uso das peças para ter máximo desempenho. Não deixe de ponderar questões como a lubrificação, a manutenção e a instalação para obter uma performance de destaque.

O redutor de precisão é especialmente interessante no uso de servo motor na automação industrial. Com essas dicas, é possível escolher uma alternativa sem folga e que entrega o melhor desempenho.

Se quiser ficar sempre por dentro das novidades, assine nossa newsletter e receba os conteúdos em seu e-mail.

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×