Tipos de CLP: o que é e quais são as estruturas e características
Automação Industrial

Tipos de CLP: o que é e quais são as estruturas e características

tipos de clp

Muito conhecido no meio industrial, o CLP é o principal controlador de sistemas de automação, tornando os processos de produção mais eficientes.

Desde o seu surgimento, o equipamento evoluiu e hoje é possível encontrar no mercado diferentes modelos que atendem a variadas necessidades.

Te convido a acompanhar esse post para aprofundar o seu conhecimento sobre CLPs. Você vai saber como são, para que servem, qual sua relação com a indústria e muito mais!

Boa leitura!

92-1

O que é CLP (Controlador Lógico Programável)?

CLP (Controlador Lógico Programável) é um equipamento eletrônico especializado capaz de controlar máquinas e processos em variadas aplicações. Também é conhecido pela sua sigla em inglês – PLC (Programmable Logic Controller).

Esse tipo de computador – mais resistente do que os convencionais e mais apropriado para ambientes críticos – realiza funções específicas por meio de programas criados por um usuário.

É composto por três partes principais, que realizam o controle: entradas, saídas e processador. Além disso, o CLP usa softwares e possui memória interna programável para guardar instruções e implementar funções específicas.

O sistema armazena instruções e funciona com operações eletrônicas e lógicas booleanas utilizando linguagens de programação.

Onde o CLP é utilizado?

É usado principalmente em ambientes industriais, compondo sistemas automatizados em áreas como: automotiva, mineração, siderurgia, alimentícia e petróleo e gás.

Realiza o controle de processos químicos, turbomáquinas, motores elétricos, bombas, equipamentos eletro-hidráulicos e/ou eletropneumáticos, etc.

Também é implementado em projetos de Automação Residencial e Predial, para o gerenciamento de energia e o controle de acesso, bombas de água, iluminação, sistemas anti-incêndio, entre outras utilidades.

cp controle de processo

Foto: Controle de Processo através do PLC

Qual a importância do CLP na indústria?

Para que as linhas de produção mantenham a velocidade e sintonia desejadas, sempre atuando com eficiência, para entregar um resultado de alta qualidade, é essencial contar com os recursos de um controlador.

É ele que garante maior confiabilidade às operações industriais ao acionar atuadores e controlar nível, vazão, temperatura, pressão, etc.

Um controlador pode ser integrado a outros CLPs, IHMs (Interface Homem-Máquina), computadores e outros equipamentos para formar sistemas de controle supervisionados por ferramentas como o SCADA.

A tendência é que os gestores invistam cada vez mais em CLPs. Segundo estudo realizado pela ReportLinker, o mercado global de controladores de automação de máquinas deve atingir $45,1 bilhões até 2027.

Qual é a estrutura básica de um CLP?

Um Controlador Lógico Programável geralmente é formado por:

  • Entradas – que recebem as informações que vêm dos equipamentos e máquinas, que chegam por meio de sensores, como um detector de proximidade, um botão, etc;
  • Saídas – são informações que o CLP envia para as máquinas, ou seja, comandos para acionamento de válvulas, motores, drivers, etc.
  • Processador – toma decisões sobre quais saídas irá acionar, baseado na programação que recebeu – que pode ser feita usando linguagens apropriadas, como a Ladder;
  • Memória – armazena os dados necessários para que o equipamento funcione e realize suas funções;
  • CPU (Center Processing Data) – composto pelo processador e as memórias, a central de processamento de dados lê os valores das entradas, aplica as funções do programa e envia comandos para as saídas;
  • Fonte de alimentação – fornece energia para todo o sistema.

Quais as principais características do CLP?

Existem alguns aspectos comuns aos equipamentos industriais: são resistentes a condições severas e contam com proteção contra ruídos, vibrações e outras interferências. Quando falamos em tipos de CLP, eles ainda apresentam:

  • Confiabilidade e segurança elevadas;
  • Capacidade de programação;
  • Isolamento elétrico de entradas e saídas;
  • Detecção de falhas;
  • Auto-diagnóstico;
  • Modularidade e expansão de E/S;
  • Execução em tempo real; etc.

E quais tipos de CLP existem?

Os Controladores Lógico Programáveis podem ser classificados quanto à sua capacidade, ou seja, sua quantidade de entradas e saídas:

Micro CLPs

Os micro CLPs possuem até 16 entradas e saídas e contam, geralmente, com um único módulo com memória de até 512 passos.

CLPs de Médio Porte

Têm até 256 entradas e saídas digitais e analógicas e um módulo com capacidade de expansão.

CLPs de Grande Porte

Possuem até 4096 entradas e saídas, um CPU principal e auxiliares. Têm estrutura modular, com a configuração definida de acordo com a sua aplicação.

Vantagens do Controlador Lógico Programável

São inúmeros os benefícios dos tipos de CLP para a indústria. Confira alguns:

  • Versatilidade para atuar com diferentes equipamentos, utilizando várias linguagens e protocolos de comunicação;
  • Habilidade para controlar várias máquinas ao mesmo tempo;
  • Alta capacidade, com muitas entradas e saídas e a possibilidade de expandir os módulos;
  • O equipamento é de fácil aquisição, ou seja, tem baixo custo;
  • Alta velocidade operacional;
  • Redução de gastos com manutenção;
  • Configuração e programação simples;
  • Mais segurança, pois o CLP pode atuar em ambientes críticos e ser manipulado remotamente;
  • Menos falhas na produção e processos mais eficientes;
  • Aumento da produtividade; etc.

92-2

Conclusão

Concluímos que o Controlador Lógico Programável é uma das ferramentas mais adotadas em automação industrial, pois auxilia o controle das linhas de montagem e fabricação.

Percebemos que esse equipamento é uma peça chave para otimizar o monitoramento de operações específicas inerentes ao ambiente fabril.

Com o uso dos diferentes tipos de CLP, as empresas colhem vantagens como simplicidade, robustez e confiabilidade para os seus sistemas.

Gostou de aprender mais sobre CLPs? Sabia que o time da Kalatec é especializado no assunto e está sempre pronto para te atender? Consulte a nossa equipe e tire todas as suas dúvidas!

Até a próxima!

Posts relacionados

Edilson Cravo

Edilson Cravo

Engenheiro de Aplicação. 22 anos de experiência com 5000 visitas únicas em Indústrias. CMO da Kalatec Automação. Especialista em Controle e Automação (USP). Engenharia de Processo (MAUA) - Gestão de Inovação (ESPM) - Gestão de PME (FGV) e MBA em Vendas (PUC). Foi consultor de projetos no Instituto Nuclear Brasileiro, Embraer, Rede Globo e USP (Projeto Inspire).

Veja também

Abrir WhatsApp