Tecnologia industrial: o que é e aplicações para automação
Automação Industrial

Tecnologia industrial: o que é e aplicações para automação

o que é tecnologia industrial

Você que tem pesquisado sobre Tecnologia Industrial, Robotização e acompanha tendências do setor: já descobriu como as inovações impactam o mercado e podem ajudar sua empresa?

Neste artigo, vamos mostrar as principais inovações tecnológicas disponíveis, deixar você a par das tendências e, também, sugerir reflexões sobre sua influência na automação industrial.

Além disso, você vai relembrar as memoráveis histórias da Revolução Industrial, e entender melhor como essa trajetória tem transformado a forma de trabalho, de produção, e consequentemente, os resultados.

Boa leitura!

O que é Tecnologia Industrial?

Tecnologia Industrial são as evoluções tecnológicas e o conjunto de conhecimentos aplicados em diversos setores da economia, principalmente nas indústrias, para gerar e aprimorar produtos, processos e serviços.

Esses recursos ampliam a capacidade produtiva, auxiliando na conquista de resultados.

É a aplicação de softwares, hardwares, sistemas de controle, como computadores ou robôs, tecnologias da informação e de outras inovações, que inclusive você encontra na automação industrial.

São ferramentas que estão mudando a forma de trabalho atual e aumentando a eficiência dos processos de produção das empresas, com menos consumo de energia e diminuição de resíduos.

A tecnologia industrial trouxe uma série de benefícios e transformações, deixando as indústrias com novos diferenciais competitivos no mercado, melhorando, inclusive, a relação com os clientes.

Qual a importância da tecnologia na indústria?

As inovações da tecnologia tem revolucionado o modo de fazer as coisas, auxiliando e modernizando os processos de manufatura.

A tecnologia industrial é importante independente da estrutura e capacidade da empresa, por poder impactar toda a cadeia produtiva, de manutenção e de atendimento, gerando economia, agilidade, segurança e mais lucro.

Mesmo sendo mais difícil para pequenas corporações investir em tecnologia de forma mais profunda, historicamente, esse tipo de investimento está diretamente ligado ao crescimento de um negócio.

De acordo com um levantamento da Confederação Nacional da Indústria – CNI, 54% das empresas com até três tecnologias integradas aos processos já registram um lucro igual ou maior que o período pré-pandemia.

Já nos negócios mais analógicos, o índice cai para 47%.

A importância da tecnologia industrial pode ser medida pela versatilidade nos resultados, conquistados em diversas frentes, como:

  • Redução de custos;
  • Economia de energia;
  • Satisfação dos clientes;
  • Aumento de produtividade;
  • Mensuração dos processos;
  • Otimização dos recursos naturais;
  • Precisão e qualidade dos produtos;
  • Segurança e eficiência na produção;

Não dá para imaginar uma empresa que funcione sem recursos tecnológicos hoje em dia.

Uma pesquisa da Oxford Business Group aponta que 33,9% das PMEs brasileiras são inovadoras. Porém, muitas iniciam mas não concluem os novos projetos ou não sabem como escolher a tecnologia ideal para seu negócio.

Quais são as principais inovações tecnológicas?

Principais inovações tecnológicas

Hoje a tecnologia industrial está vivendo seu estado mais avançado de evolução, com muitas soluções disponíveis para todos os tipos de negócios, inclusive o seu. Porém, não podemos nos esquecer das gerações passadas que, há séculos, vem contribuindo como o aprimoramento das indústrias, proporcionando progresso em todo processo produtivo.

O ciclo evolutivo da tecnologia industrial foi iniciado na 1ª Revolução Industrial, ocorrida no século 18, na Inglaterra, numa época marcada pelo ferro, carvão e energia a vapor.

Nesse período, os primeiros teares e máquinas a vapor começaram a ser utilizados para que a produção industrial ganhasse maior ritmo.

Depois, com a 2ª Revolução Industrial, ocorrida na metade do século 19 e marcada pelo aço, eletricidade e petróleo, houve mais progresso industrial, com a utilização da energia elétrica no processo produtivo.

Por fim, na metade do século XX, quando houve uma série de evoluções tecnológicas no mundo, a 3ª Revolução Industrial aproximou a tecnologia dos computadores à produção.

Nesse período diversas máquinas foram criadas, mudanças significativas ocorreram nos meios de produção e a economia mundial se transformou, possibilitando a união de conhecimento científico e produção industrial.

Dentre as muitas inovações tecnológicas que têm beneficiado não somente as indústrias, mas as pessoas em geral, podemos destacar:

  • Sistema GPS;
  • Impressão 3D;
  • Compras online;
  • Assistentes virtuais;
  • Drones entregadores;
  • Redes Sociais via Internet;
  • Máquinas capazes de aprender;
  • Pagamento por reconhecimento facial;
  • Entre outras.

Tendências de tecnologia industrial para o futuro

motor de passo em impressão 3d

Os progressos no mundo da tecnologia acontecem numa velocidade acelerada. É possível já estarmos vivendo o chamado grande salto tecnológico, no qual as indústrias entrarão em uma nova era tecnológica.

Além das inovações já presentes em nossos dias, como a Internet das Coisas (IoT), Robôs AMR, Computação em Nuvem, Realidade Aumentada, Big Data, Inteligência Artificial, dentre outras, existem novas tendências, como:

  • Hiperautomatização: Parte da robótica que pretende automatizar ao máximo os processos industriais para torná-los mais precisos, eficazes e até dez vezes mais rápidos. Combina tecnologias como a Inteligência Artificial (IA), a Robotic Process Automation (RPA), e a aprendizagem automática (machine learning), entre outras;
  • Multiexperiência: A realidade virtual (VR), a realidade aumentada (AR) e a realidade mista (MR) têm transformado a nossa forma de ver o mundo digital e interagir com ele, e oferecido ao usuário experiências múltiplas;
  • Autonomia dos objetos: Em breve veremos cada vez mais veículos, drones, robôs e outros objetos autônomos nas ruas;
  • Rede 5G: A quinta geração de telefonia celular entrou em funcionamento em 2019 e prevê-se que seu uso comercial se propague de forma relevante a partir de 2020;
  • Wifi 6: Este novo padrão para as conexões sem fios está em fase de verificação e proporcionará mais cobertura, segurança, velocidade e densidade de tráfego;
  • Análise de dados e tomada de decisões: As análises aumentadas serão determinantes para a inteligência do negócio, para as plataformas de dados e para a machine learning;
  • IoT (Internet das Coisas) para indústria, transporte e urbanismo: A padronização da IoT melhora a condução autônoma e a conectividade dos veículos, ajudando no desenvolvimento das cidades inteligentes.

Qual a influência da tecnologia na automação industrial?

Desde a Primeira Revolução Industrial, as indústrias vêm passando por grandes transformações com as implantações tecnológicas em seus processos produtivos.

A indústria passou a investir cada vez mais em novas tecnologias, buscando a redução do custo de produção, simplificação de processos e aumento na qualidade de seus produtos, em busca da satisfação do cliente.

Dessa forma, influenciada por essas tecnologias, uma nova indústria está se formando, com alterações iniciais de automação industrial que começou com atividades simples, mas que hoje já opera em processos mais complexos.

Essa influência tecnológica tem conduzido as indústrias a um patamar extraordinário de produção, com a automação de seus processos, chegando hoje à chamada Indústria 4.0.

Com o desenvolvimento da Internet das coisas (IoT), essa tecnologia conta com BigData e outras ferramentas para introduzir inovações que impactam desde o chão de fábrica até o cliente final.

Assim, a tecnologia tem sido não apenas boa influência para as indústrias, no que diz respeito à automação industrial, mas também a base onde se tem firmado todas as transformações que têm beneficiado os processos industriais.

Como as novas tecnologias são aplicadas na automação industrial

Já convivemos com práticas da indústria moderna, revolucionando a forma de produzir. Mas como isso é aplicado no dia a dia? De que forma os empreendimentos se beneficiam desses recursos considerados futuristas?

Uma pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Indústria) mostra que inovar é uma necessidade: “84% das grandes e médias empresas afirmam que precisarão investir em inovação para crescer ou mesmo se manter no mercado”.

Essa exploração de novas ideias vale para a produção, os processos e a relação com o consumidor. Algumas tendências tecnológicas já se destacam no mercado, como:

Computação em Nuvem

Cloud Computing ou Computação em Nuvem equivale a data centers com poderosos servidores que têm alta capacidade de armazenamento de dados.

Com segurança e mobilidade, essas informações podem ser acessadas usando a internet em qualquer lugar, a qualquer momento, pelas pessoas autorizadas.

É uma das tecnologias mais populares e em constante ascensão, usada para facilitar a vida das pessoas e o funcionamento das corporações.

Permite usar diferentes tipos de serviços em um só lugar, diminuindo os gastos com backups e equipamentos. Também contribui para o fluxo eficiente e rápido de dados referentes a todos os setores fabris.

Machine Learning

O Aprendizado de Máquina é uma das ramificações do campo da Computação, que dá respostas automatizadas usando Inteligência Artificial (AI) e Big Data.

Este tipo de tecnologia permite que os computadores e outras máquinas sejam programados para aprender a partir da análise de informações.

Com o uso de algoritmos que reconhecem padrões, a performance é melhorada, contribuindo para a realização de previsões e tomada de decisões, tudo acontecendo de forma automática e constante.

O conhecimento obtido pode ser propagado para outras máquinas da rede, que também erram e aprendem, reduzindo problemas velozmente.

Internet das Coisas

A Internet of Things (IoT) é aplicada em aparelhos do cotidiano, como celulares e lâmpadas, e em grandes projetos, como carros modernos e equipamentos industriais – compondo sistemas automatizados.

Com ela, os dispositivos transformam a maneira de trabalhar e interagir, usando a Internet para se comunicar entre si e com pessoas, formando uma grande rede para coleta, análise e troca de dados.

A conexão de máquinas com a Internet, faz com que robôs, por exemplo, informem dados sobre seu trabalho em tempo real, permitindo um acompanhamento e planejamento otimizado da produção.

A padronização da IoT melhora a condução autônoma e a conectividade dos veículos, ajudando também no desenvolvimento das cidades inteligentes.

Sistemas Cyber-Físicos

Os Cyber-Physical Systems (CPS) são conjuntos de recursos de controle, computação e comunicação. Integrados por meio de processos físicos e redes, conseguem transferir as atividades do mundo real para o ambiente digital.

Isso permite tomadas de decisões embasadas em análises de risco, demonstrações, alternativas e simulações digitais. Essa tecnologia reduz as falhas e aumenta a competitividade por possibilitar ações colaborativas mais assertivas.

Robótica

A Robótica permite às máquinas que realizem ações com melhor desempenho do que quando feitas por humanos, por meio de sistemas mecânicos motorizados com controle automático.

Cada vez mais inteligentes, os robôs trazem benefícios como a redução de custos e de impactos ao meio ambiente com a economia de energia, água e o reaproveitamento de materiais.

Capazes de ações independentes, as máquinas executam com louvor operações repetitivas, complexas, que necessitem de força, perigosas, de inspeção, etc.

Soluções da Kalatec para automação industrial

tecnologia industrial robótica

A Kalatec é referência em fornecimento de equipamentos para sistemas automatizados, para empresas de todos os portes.

Atuando há mais de 30 anos no mercado brasileiro, é a opção ideal para atender de forma simples e segura as suas aplicações.

Conta com uma equipe de especialistas com elevado nível de experiência para ajudar a tirar dúvidas e recomendar os produtos mais adequados.

Vale a pena conhecer o catálogo da Kalatec, com destaque para seus motores, CLPs, fusos de esferas, guias e sistemas lineares, redutores e muito mais!

Conclusão

Procuramos, no conteúdo deste texto, mostrar o quanto as inovações tecnológicas ajudam a modernizar os processos de manufatura. Essa mudança traz benefícios importantes como o aumento de produtividade e a redução de custos.

A Tecnologia em Automação Industrial ainda aumenta a qualidade dos produtos, uma vez que máquinas automáticas executam com maior precisão operações de repetibilidade, além de identificar rapidamente falhas na linha de produção.

Assim, cada vez mais as novas tecnologias vão influenciar a indústria, na forma de IoT, Robótica, Computação em Nuvem, etc.

E diante de tudo o que foi dito, ficou bem claro que o seu empreendimento não pode funcionar sem os recursos tecnológicos que já estão à disposição.

Sempre desejando o melhor para o seu negócio, a Kalatec deseja se apresenta como uma solução para o projeto de investimento de sua empresa na implantação de tecnologias que modernizem o seu processo produtivo.

Posts relacionados

Edilson Cravo

Edilson Cravo

Engenheiro de Aplicação. 22 anos de experiência com 5000 visitas únicas em Indústrias. CMO da Kalatec Automação. Especialista em Controle e Automação (USP). Engenharia de Processo (MAUA) - Gestão de Inovação (ESPM) - Gestão de PME (FGV) e MBA em Vendas (PUC). Foi consultor de projetos no Instituto Nuclear Brasileiro, Embraer, Rede Globo e USP (Projeto Inspire).

Veja também

Abrir WhatsApp