por que utilizar guias lineares, e não eixos?

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

As guias lineares estão entre os principais componentes de um sistema de automação industrial. O conjunto de elementos permite transportar as cargas de forma eficiente, dentro das condições de velocidade e torque. No entanto, não são as únicas alternativas disponíveis para a aplicação.

Os eixos foram muito usados durante um longo período e prometem oferecer resultados semelhantes. No entanto, as guias de destacam por algumas características que devem ser conhecidas para que você tome a melhor decisão.

Na sequência, saiba porque preferir guias lineares a eixos em seu sistema de automação industrial!

A variedade de movimentos atende às necessidades

Um sistema com três eixos lineares (x, y, z) se movimenta nas três direções do plano. No entanto, os movimentos são mais limitados e acontecem apenas para trás e para frente. Como consequência, nem sempre é possível atender às exigências de funcionamento do sistema de automação industrial.

As guias lineares são diferentes. Elas oferecem mais precisão, em parte porque permitem que as cargas se movimentem com maior facilidade. Isso faz com que a versatilidade seja maior, além de ser algo que atende a um número maior de indústrias e de processos.

A necessidade de espaço para a automação industrial é menor

As guias também costumam ser mais eficientes, em termos de aproveitamento de espaço. Compactas e funcionais, exigem um local menor para a instalação de todos os componentes. Para pequenas e médias indústrias, isso é especialmente interessante e necessário.

Já os eixos tendem a exigir um ambiente muito mais completo e uma dedicação maior quanto ao tamanho. O grande problema é que isso nem sempre é viável para as empresas, o que justifica a escolha das guias.

A instalação das guias é menos complicada

Outro ponto positivo sobre as guias lineares tem a ver com a facilidade de instalação. O processo se união entre as peças e para alcançar a geometria adequada do projeto costuma ser mais simples. Com maior rapidez de entrega, os custos são menores e há máximo aproveitamento dos recursos.

Os eixos têm uma dificuldade extra no processo de “selar” os componentes. Na prática, leva a encarar mais dificuldades para, no final, ter um projeto mais rígido. Sem a versatilidade, a alternativa não é tão interessante.

O custo-benefício é mais adequado no caso das guias lineares

Além de tudo, um bom sistema de automação industrial deve apresentar custo-benefício para ser interessante. Nesse sentido, as guias são especialmente atraentes. Como trazem resultados diferenciados e têm menos exigências, conseguem atender melhor às necessidades.

A escolha de bons componentes, associados a outras soluções escaláveis e a uma instalação correta, é indispensável para ter sucesso Nas utilizações atuais, é uma opção mais adequada aos objetivos.

Já no caso dos eixos, o retorno pode não ser tão positivo, exceto em casos específicos. Desse modo, deve ser algo direcionado somente para algumas situações.

A movimentação no sistema de automação industrial é favorecida pelo uso das guias lineares, em relação aos eixos. Com essa escolha, é possível conquistar resultados diferenciados.

Se quiser mais dicas para as aplicações nos seus sistemas, curta nossa página no Facebook e fique sempre de olho!

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×