Planejamento e Controle de Produção: entenda o que é PCP e suas vantagens
Automação Industrial

Planejamento e Controle de Produção: entenda o que é PCP e suas vantagens

Para manter a ordem e a organização da produção, as indústrias usam ferramentas de gestão. Uma das principais é o Planejamento e Controle de Produção, conhecido como PCP. Você já conhece esse sistema de programação de processos?

Esse é o tema do artigo de hoje. Aqui, você vai encontrar o significado e a função dessa ferramenta, conhecer suas etapas, entender o que é um processo de produção e como é feito o controle de resultados.

Vamos lá?

O que é planejamento e controle de produção?

Planejamento e Controle de Produção (PCP) é uma ferramenta de gestão que ajuda a organizar um negócio de forma que ele seja bem-sucedido e atenda às expectativas dos empresários e clientes.

O PCP permite saber quando, quanto, onde e em que ordem produzir, além de acompanhar tudo, para garantir que o plano está sendo executado e identificar pontos de melhoria.

Essa ferramenta ajuda a produção a manter uma consistência, com todas as etapas fluindo com eficiência e resultando em produtos com qualidade, finalizados dentro do prazo.

Isso é fundamental para suprir as demandas conforme o esperado, satisfazendo o consumidor, fortalecendo a marca e tornando-a competitiva.

Qual é a diferença entre planejamento e controle da produção?

Para compreendermos a diferença entre planejamento e controle da produção, basta refletirmos sobre o significado de cada termo.

Quando temos um objetivo em mente, primeiramente, é preciso planejar como alcançá-lo, ou seja, pensar, se preparar e se dedicar. Caminhos podem ser avaliados e roteiros elaborados, sempre visualizando aquilo que se está perseguindo.

Já a palavra controle pode se referir à averiguação de ações, para checar se estão de acordo com o esperado ou planejado e ajudar a direcioná-las.

Portanto, a produção de uma mercadoria deve ser planejada, pensando em todas as coisas necessárias para que isso aconteça, incluindo: tempo, tipo de processo, materiais, mão de obra, equipamentos e outros recursos.

O controle da produção tem igual importância, pois serve para monitorar todas essas atividades que foram planejadas e embasar a tomada de decisões.

Quais as principais funções do Planejamento e Controle de Produção?

O PCP serve para monitorar e programar a produção, definir o sequenciamento e a prioridade de processos e para direcionar a atuação de máquinas e funcionários.

Entre as suas vantagens, a linha de produção é otimizada, pois, com planejamento e controle, as paradas desnecessárias, o tempo ocioso e os gargalos são evitados. As manutenções são programadas e a disponibilidade das máquinas aumenta.

A equipe tende a ser mais engajada porque sabe exatamente o que fazer, quando fazer e como fazer, executando seu trabalho com mais eficiência e contribuindo com o andamento correto das etapas seguintes.

Os desperdícios são reduzidos, bem como os resíduos industriais e os gastos com materiais – a compra destes é realizada com mais organização, no momento adequado.

O PCP ainda proporciona aos gestores um conhecimento mais aprofundado sobre o dia a dia da empresa, ou seja, sobre tudo o que acontece nela. A ferramenta ajuda a manter os níveis de qualidade desejados, sempre em busca da excelência.

Quais são as etapas do planejamento e controle da produção?

Primeira etapa: Estimativa de demanda

Na primeira etapa, deve-se prever a quantidade de produtos que serão vendidos, a fim de estimar o volume e o tipo de materiais necessários para atingir o objetivo.

Essa etapa é fundamental para o negócio, pois não é aconselhável produzir muito mais do que a média de vendas, sob risco de prejuízos ao caixa. É indicado fazer estimativas para médio e longo prazo também.

Segunda etapa: Ajuste da capacidade produtiva

É preciso planejar a capacidade de produção da fábrica, realizando os investimentos necessários em equipamentos ou contratando mão de obra extra, fornecedores e empresas terceirizadas, por exemplo.

Além disso, o maquinário necessário para a operação deve ser calibrado e recarregado com os insumos adequados. Também devem ser definidos os responsáveis e o tempo destinado para cada etapa.

Terceira etapa: Definição da ordem das atividades

A produção deve ser sequenciada, estabelecendo uma ordem de realização de cada tarefa. Assim, o gestor consegue acompanhar o caminho que o produto percorre até ser finalizado.

Também é muito importante estipular a prioridade das ações para atender corretamente aos pedidos dos clientes. Essa padronização na produção ajuda a manter um nível positivo de qualidade.

Quarta etapa: Acompanhamento da cadeia produtiva

Neste ponto é feito um monitoramento das atividades de produção, para saber se o planejamento está sendo executado e se o mesmo é eficiente. Informações essenciais são levantadas para compreender o negócio e visualizar oportunidades de melhoria.

Alguns instrumentos podem auxiliar os gestores a otimizar o desempenho da produção, como a metodologia Just In Time, que foca na redução de custos e desperdícios, diminuindo a quantidade de produtos parados.

O que é planejamento e controle de resultados?

O controle de resultados é uma ação administrativa que faz comparações dos desfechos das atividades com o planejamento feito. Ou seja, é a conferência daquilo que está sendo praticado em uma empresa, para observar se a busca pelas metas está sendo eficiente.

Trata-se de uma medida tão importante quanto o planejamento, pois permite uma atuação mais assertiva e possibilita a rápida detecção de etapas que precisam de correção.

Para realizar o controle, podem ser utilizados relatórios, planilhas, softwares de gerenciamento, análise de indicadores, consulta de históricos, enfim, existem diversas maneiras de fazê-lo. Basta avaliar e testar a melhor opção para cada empreendimento.

Vale ressaltar que essa é uma prática de gestão estratégica, que visa medir o andamento de um negócio.

Quais são as etapas do processo de produção?

Um processo de produção é um conjunto de ações químicas, mecânicas entre outros tipos, realizadas para transformar matéria-prima em produto.

Assim, a matéria-prima deixa seu estado bruto, passa por etapas, tem suas características modificadas e é transformada em um produto vendável.

Os processos de produção geralmente seguem as seguintes etapas:

  1. Contato e manipulação da matéria-prima;
  2. Condicionamento da matéria-prima;
  3. Aplicação de técnicas específicas para a transformação da matéria-prima;
  4. Separação da matéria-prima para, enfim, transformação em produto;
  5. Criação do produto em si.

Além dessas etapas, também podem ser consideradas fases de um processo de produção: o pedido do produto, a elaboração do projeto de fabricação (incluindo criação de moldes e estimativa de custos), aquisição dos materiais e insumos, logística, entre outras ações relacionadas.

Conclusão

Concluímos que o PCP se refere, basicamente, a um planejamento inicial e, posteriormente, a um controle de tudo que está sendo realizado em uma empresa.

Notamos que essa importante ferramenta de gestão proporciona um conhecimento maior sobre a performance do negócio, possibilitando a oportunidade de aplicar medidas corretivas e melhorar continuamente.

Vimos que o seguimento fiel de todas as etapas do PCP impacta diretamente o resultado final, ou seja, o produto.

Assim, podemos afirmar que todas as fases são importantes: desde o fechamento de contratos com fornecedores e empresas terceirizadas, até a fiscalização dos processos e a inspeção de qualidade.

Gostou deste artigo? Continue nos acompanhando para saber mais sobre temas relacionados ao universo industrial. Para mais conteúdo exclusivo da Kalatec, siga-nos no Instagram e no Facebook.

Até a próxima!

Posts relacionados

Edilson Cravo

Edilson Cravo

Engenheiro de Aplicação. 22 anos de experiência com 5000 visitas únicas em Indústrias. CMO da Kalatec Automação. Especialista em Controle e Automação (USP). Engenharia de Processo (MAUA) - Gestão de Inovação (ESPM) - Gestão de PME (FGV) e MBA em Vendas (PUC). Foi consultor de projetos no Instituto Nuclear Brasileiro, Embraer, Rede Globo e USP (Projeto Inspire).

Veja também

Abrir WhatsApp