Como selecionar o CLP ideal para a sua aplicação

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

O Controlador Lógico Programável é um dos principais elementos de uma estrutura de automação de processos. Ele alia a programação aos componentes físicos e exerce controle sobre a movimentação entre trilhos e demais itens.

Para aproveitá-lo corretamente, é indispensável recorrer à alternativa ideal entre as disponíveis no mercado. O indicado é considerar as necessidades específicas do empreendimento e, a partir disso, entender quais pontos devem ter maior peso.

Para que não restem dúvidas, descubra como selecionar o CLP mais adequado para cada aplicação.

Confira a normatização do equipamento

Para garantir a segurança sobre o uso do componente, é indispensável que ele seja normalizado. Verifique, por exemplo, se ele está de acordo com as regras específicas e normas técnicas, de modo a consolidar uma utilização de sucesso.

Essa questão também é importante para que ocorra a compatibilidade de instalação. Se o CLP tiver tal característica, vai conseguir ser aplicado em trilhos tradicionais, o que garante o funcionamento sem grandes adaptações.

Principalmente, essa é uma forma de ter previsibilidade sobre os resultados e um uso descomplicado. Portanto, não deixe de avaliar se o componente está dentro do que prevê cada norma específica.

Verifique se o CLP é modular e expansível

A indústria 4.0 tem se fortalecido ao longo do tempo e isso promete se tornar cada vez mais forte. Como consequência, a automação industrial terá relevância progressiva, o que é sinônimo de evolução das soluções.

Além das tendências relacionadas às modificações naturais, é essencial considerar que a automação auxilia o negócio a se desenvolver. Com uma boa implementação, ajudará o empreendimento a crescer e ter melhores resultados.

CLP

Por isso, o componente de programação deve ser capaz de se adaptar ao cenário. Um recurso modular e expansível é aplicável em diversas situações e absorve esse desenvolvimento.

Pense na facilidade de uso e implementação

Outro ponto determinante para escolher um bom CLP tem a ver com o uso. É importante, por exemplo, que o componente tenha as saídas necessárias e que se adapte ao motor de passo ou servo motor do sistema.

Também é preciso que ele apresente funcionalidades relevantes para cada caso, como controle de temperatura, atuação analógica e comunicação com outros pontos. Além de tudo, vale pensar na facilidade do software, na estrutura de comunicação e mesmo no uso do software.

Essas questões têm grande influência nos resultados do cotidiano e, por isso, merecem atenção especial.

Encontre uma empresa especializada nesse fornecimento

Tão relevante quanto acertar na escolha da solução é selecionar uma empresa confiável. Ao falar do CLP, isso é ainda mais importante, o que demanda considerações variadas sobre a decisão.

O ideal é que o negócio ofereça todo o apoio necessário, como um suporte local e treinamentos para a aplicação do componente. Esse contato especializado permite desenvolver as capacidades exigidas para realizar as tarefas da melhor maneira.

O CLP deve ser selecionado de acordo com as demandas e com os interesses do empreendimento. Com a escolha correta dessa ferramenta, é possível maximizar as chances de sucesso e, assim, garantir um bom aproveitamento da automação.

Quer ficar por dentro de todas as novidades? Curta nossa página no Facebook e fique de olho nas publicações!

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×