Automação industrial: qual o melhor motor a ser escolhido para uma aplicação de ciclagem alta?

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Dependendo do tipo de negócio e da operação, uma característica estará presente: a ciclagem alta. Ela acontece diante da frequente oscilação de corrente, tensão elétrica e movimentos mecânicos. Como isso causa grandes impactos em todo o sistema, é preciso definir o motor de automação industrial.

Como esse componente é um dos mais importantes para enviar impulsos e garantir a movimentação, a preocupação é essencial. Além disso, é uma decisão relevante para melhorar a durabilidade e o desempenho dos itens.

Na sequência, veja como selecionar corretamente o motor de automação industrial quando a ciclagem for alta.

Qual equipamento é o ideal para essa aplicação?

Diante dessa alternância tão frequente, o recomendado é contar com um equipamento que suporte condições diferenciadas. Entre as alternativas disponíveis no mercado, é especialmente interessante buscar um servo motor.

Para que entregue os resultados esperados, ele deve ter uma baixa inércia do rotor. Desse modo, é possível melhorar a aceleração e garantir um bom desempenho, mesmo diante de um cenário considerado desafiador.

Outra possibilidade é o atuador elétrico. Ele é totalmente controlável, tem alto nível de aceleração e é capaz de suportar uma ciclagem alta. Ele ainda tem maior velocidade que o atuador linear e oferece uma precisão semelhante à de um servo motor. Com isso, pode ser um caminho em operações relativamente complexas ou exigentes.

automação industrial

Por que se preocupar com essa questão?

Ao montar um sistema de automação industrial, é preciso garantir que tudo funcione em harmonia, dentro de cada condição desejada. Ao se preocupar com a escolha do motor para ciclagem alta, essa alternância na corrente ou na tensão não funciona como um problema. Em vez disso, torna-se apenas uma característica de atuação.

Outro aspecto interessante é que uma decisão correta economiza muitos recursos, como tempo e dinheiro. Há mais produtividade, menos erros e menor necessidade de manutenção. Desse modo, não é preciso gastar tanto e nem transformar as condições de processo.

Como o motor vai funcionar melhor ao ser escolhido corretamente, ele também dura mais. Portanto, é uma alternativa interessante para cuidar de todos os componentes do sistema projetado.

Qual a importância do fornecedor de automação industrial?

Não basta encontrar o motor adequado para uma operação desse tipo. Ainda é essencial poder aproveitar uma qualidade elevada. Desse modo, o desempenho das operações é favorecido.

Para alcançar esse objetivo, é indispensável contar com um bom fornecedor da área. A empresa deve ter reconhecimento no mercado, além de se destacar pela qualidade e por apresentar os melhores itens disponíveis.

Verifique, ainda, como é o atendimento e se há suporte técnico. Ao se dedicar a selecionar com qualidade, é possível aproveitar todos os pontos positivos da aquisição desses componentes.

Em operações de ciclagem alta, a escolha do motor de automação industrial deve ser ainda mais criteriosa. Os motores de passo e os atuadores elétricos se destacam, então vale a pena pensar nisso no momento da especificação.

Se não quiser perder nenhuma novidade e atualização da parte de automação, assine nossa newsletter e receba os conteúdos em sua caixa de entrada! Aproveite para acompanhar outros conteúdos no nosso blog.

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×