5Motor de passo: 4 motivos para não abrir mão desse valente motor

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Em um contexto de automação industrial, é fundamental escolher os componentes que fazem toda a estrutura funcionar. Entre os elementos de destaque, está o motor de passo. Embora seja uma alternativa com menos rotações de tecnologia intermediária, tem aplicação em um grande número de projetos.

Isso se deve, principalmente, às suas excelentes qualidades e aos diferenciais em relação a outros do mercado. Portanto, vale a pena conhecer a possibilidade para entender por que não abrir mão desse item.

Na sequência, veja quais são as 4 razões para não deixar o motor de passo de lado ao automatizar seus processos!

1. A precisão é garantida pela movimentação angular

Esse componente recebe tal nome porque se movimenta com ângulos bem definidos. Cada conjunto referente a essa mudança de posição é conhecida como passo. Na prática, é possível conquistar uma precisão de movimentação muito mais intensa, o que gera resultados melhores.

Além disso, o equipamento tem uma baixa variação de torque, embora ele opere com nível médio a alto. Não apenas é algo que diminui os desperdícios e amplia o aproveitamento, como garante maior precisão de atuação.

Nesse sentido, dá para ter previsibilidade sobre o posicionamento dos componentes, o que aumenta a eficiência e fornece um funcionamento adequado para todo o sistema.

2. A resposta rápida ajuda a garantir o acionamento de certos comandos

Outro ponto de destaque é que o motor de passo tem uma resposta rápida, principalmente quanto à aceleração e à desaceleração. Ou seja, a necessidade de mudança de posicionamento ou de ritmo não é exatamente um problema, já que ele é capaz de “absorver” corretamente.

motor de passo

Isso, inclusive, tem a ver com a segurança e com a qualidade de todo o sistema. Como a resposta não demora a acontecer, é possível ativar os recursos de acordo com cada exigência. Desse modo, fica muito mais fácil garantir que cada comando gere o resultado desejado, em cada ponto específico.

3. A ativação sequencial do motor de passo oferece maior controle

Por causa de sua construção, o equipamento realiza a ativação de bobinas de forma sequencial, até que ocorra a movimentação de todo o conjunto. Bem diferente de uma opção que é apenas ligada na tomada, essa alternativa exige o controle dentro de certos parâmetros, de modo a garantir os melhores resultados.

Esse é um ponto destacável porque, embora não se trate de um servo motor, é um item que oferece um bom controle. Com a ativação sequencial, é possível escolher, exatamente, como deve ser a atividade do recurso. Isso traz previsibilidade e a capacidade de agir corretamente na configuração.

4. A durabilidade é uma das maiores no campo de automação

Além de tudo, o motor de passo é interessante por conta de seu funcionamento. Como não desperdiça torque e atua em uma velocidade menor, também tem uma durabilidade maior. Inclusive, essa é uma capacidade de destaque até em relação ao servo motor.

Para melhorar, é uma alternativa que não precisa de manutenção, ao contrário do que acontece com o motor de corrente contínua ou com a versão mais tecnológica. Isso tudo gera custos menores, aproveitamento de tempo e, principalmente, riscos reduzidos de paradas.

O motor de passo é um componente essencial para o funcionamento do sistema de automação. Durável, estável e muito preciso, pode ser a solução ideal para o seu projeto dar certo.

Para se convencer de vez, veja 4 motivos para recorrer a um motor desse tipo e entenda seus outros benefícios!

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×