4 razões, para você cliente da Kalatec, escolher um Motor de Passo

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Como visto anteriormente a Kalatec forneceu 4 razões para você leitor escolher um Servo Motor, agora vamos fazer o contrário, serão 4 razões para você optar pelo Motor de Passo para a sua aplicação.

Observe que o intuito deste informativo é dar aos nossos clientes uma opção direta e comercial para a escolha de seu acionamento, sem nos preocupar muito com as variações dos produtos, como é o caso do step-servo (equipamento intermediário entre os 2 modelos), ou detalhes construtivos que em alguns casos trariam efeitos contrários.

Em nossas aplicações diárias temos basicamente 2 opções comerciais facilmente encontradas no mercado: Motores de Passo e Servo Motores.

Vamos partir da premissa que nossos clientes já sabem das limitações corriqueiras dos stepper como a velocidade e a aceleração baixas, então o intuito deste é abordar outras características decisivas.

Primeira razão: preço.

Em aplicações que envolvam grandes quantidades do produto no mesmo equipamento, ou nos casos de scanners, impressoras, rotuladoras, etiquetadoras, máquinas de teste, prototipagem, etc. que são produtos de baixo valor agregado, o sucesso do projeto reside na automação. O preço de um conjunto de motor de passo e driver é muito mais baixo, dependendo da aplicação chegamos a valores ao redor de 20% de um conjunto de servo motor.

Aqui vale uma ressalva, o driver é o “coração” da aplicação, e normalmente o motivo do seu eventual sucesso ou falha, então não economize no driver, drivers baratos significam a não existência de componentes fundamentais para a aplicação, como bons filtros por exemplo ou transistores de qualidade. Devemos ficar atentos ao fato de que um driver barato geralmente poderá trazer problema ao conjunto e a aplicação como contaminação de sinal, falta de potência ou mesmo operação imprecisa, economizar no driver pode levar ao arquivamento do projeto.

Lembramos que uma especificação correta do Motor de Passo é também fundamental nesse processo, mas esse complexo assunto já foi abordado nos temas anteriores.

Segunda razão: simplicidade.

Sua aplicação exige menos componentes e, portanto, menos chances de falha em ambientes adversos? Escolha o stepper, ele não tem o encoder ou resolver no motor e não tem a placa de PID no driver e pode resistir nos mais variados ambientes com contaminantes.

O PID ou sistema Proporcional, Integral e Derivativo é o hardware usado (principalmente em Servos) para alcançar e manter uma determinada velocidade em um determinado tempo e mantê-la; nos steppers essa característica operacional é conseguida de uma maneira mais simples e limitada, mas também mais a prova de falhas mecânicas.

Um bom exemplo são os equipamentos desenvolvidos para a construção civil, aonde produtos robustos e básicos desempenham funções repetitivas em ambientes contaminados.

Terceira razão: espaço

Caso sua aplicação precise de volumes pequenos e altos torques de partida, a sua solução é de novo o Motor de Passo.

Devido a sua constituição mais simples o Motor de Passo, por não ter encoder ou resolver, já é naturalmente uma solução de menor volume.

Procure, por exemplo, motores de passo aonde, na norma Nema, pequenos motores com flanges quadradas de 0,8 pol x 0,8 pol (20mm); 1,2 X 1,2 pol; 1,4 X 1,4 pol… com diminutas quotas de altura como na ordem de 12 mm, são encontrados comercialmente.

As aplicações mais miniaturizadas como em laboratórios, dispositivos médicos, telefonia, satélites, unidades síncrotron, máquinas portáteis, máquinas de solda, mísseis ou torpedos, são bons exemplos.

Quarta razão: aplicações especiais.

Nas aplicações especiais onde o motor de passo se encaixe, eles são imbatíveis, como exemplo podemos citar os projetos que exigem os Motores a Prova de Explosão para Áreas Classificadas, Motores para áreas Radioativas, Motores com Altos Graus de Proteção IP, ou para Altas Temperaturas, etc.

Por serem construtivamente mais simples, essas características que os habilitem a essas áreas ainda os deixarão com preços mais atrativos frente ao rival Servo Motor.

Um bom exemplo é a radiação ionizante que utiliza baixa temperatura no processo, mas que em contrapartida utiliza a radiação como arma, ou mesmo os túneis the shrink por temperatura ou também conhecidos como túneis de encolhimento.

 

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×